Dicas de como fazer e-mail marketing mais efetivo

Muitas pessoas comentam que e-mail está perdendo espaço, que os jovens não usam mais e-mail etc, etc, etc… Mas recentemente assisti a algumas palestras no #EMMBrasil sobre e-mail marketing que me fizeram refletir sobre o assunto. Um dos principais pontos que fortalecem a ideia de que o e-mail NÃO morreu é que para ter acesso a praticamente 100% dos serviços online (rede social, lojas online, MSN, Skype, etc) você antes precisa ter uma conta de e-mail, tornando assim 100% dos usuários com uma conta de e-mail ativa.

O que ocorre também é um grande número de empresas usando de forma errada o e-mail marketing e colocando a culpa do fracasso na ferramenta e não na forma que foi usada. E isso não está ligado ao tamanho da empresa, uma vez que empresas multinacionais ainda fazem muita besteira se tratando de marketing online.

Como fazer e-mail marketing da forma certa

Abaixo vou colocar alguns tópicos que marquei como fatores necessários para o sucesso da sua campanha de e-mail marketing. Se você está fazendo uma, espero que esteja fazendo certo, se não, ainda da tempo de corrigi.

– Regra geral e básica para e-mail marketing: “Não faça SPAM“. Para isso é fácil, não compre mailing, evite fazer ações com “parceiros” que não tem um mailing filtrado e atualizado. Se alguém se descadastrar da sua lista não mande e-mail para ela novamente a não ser que ela volte a se cadastrar.

– Ligado a regra acima, faça o seu mailing. Pode demorar, mas sem dúvidas terá uma coversão melhor. Existem formas de fazer isso, como por exemplo, cadastrando clientes que compram na loja física, fazendo promoções de cadastramento etc.

– Ao criar o seu mailing peça informações sobre o cliente. Isso é fundamental para fazer ações com maior precisão. Segmente os envios e coloque os produtos/assuntos ligados ao perfil do cliente. Não mande geladeiras e fogões para adolescentes!

– Use os dados de cliques no e-mail marketing para fazer a segmentação. Se você não conseguiu muitas informações no cadastro, use o comportamento do usuário para criar uma segmentação do perfil.

– Se você tem um e-commerce use as informações de compras e produtos vistos para criar a segmentação do perfil de cada cliente. Se ele comprou uma máquina fotográfica envie um e-mail marketing com acessórios para máquina fotográfica.

– Pense em todos os perfis. Com o crescimento dos smartphones é possível que seu e-mail seja aberto em um celular. Ele está preparado para isso? Resolver essa questão é simples, coloque no cabeçalho uma indicação para “ver e-mail na versão para Smartphone”.

Faça teste de títulos para partes da sua base. Separe em 2 ou 3 blocos a sua base e envie com títulos diferentes e algumas variações no e-mail marketing. Com isso você pode analisar o que da mais certo ou errado em cada peça sem muitos disparos.

– Antes de mandar para seus cliente faça um teste para o seu e-mail. Veja se caiu na caixa de spam, veja como ele aparece sem as imagens carregadas, se todas as imagens abriram sem erros, etc.

– Nem todos os clientes habilitarão para ver as imagens – bloqueio de imagens existe em praticamente todos os webmails. Veja se é possível saber do que se trata o e-mail marketing sem ver as imagens.

– Em mídia impressa temos a famosa “página ímpar“, no e-mail marketing podemos considerar como “página ímpar” os 3 a 5 cm superiores do e-mail. Em geral, nos softwares de e-mail como Outlook o e-mail é exibido em uma pequena parte da tela, sendo a parte superior exibida primeiro e por mais tempo.

– Não gaste essa “página ímpar” com uma logo gigante da sua empresa. Se você fez certo o título e o e-mail de remetente, o cliente já sabe quem está mandando o e-mail. Coloque a logo, mas deixe também que entre informações importantes como “Frete grátis”, “parcelamento”, “promoção”, etc.

– A parte mais nobre do título – ou assunto – são os 35 primeiros caracteres. Você pode colocar mais do que 35 caracteres, mas, em geral, essa é a quantidade exibida nos webmails e programas de e-mail.

– Nunca, a não ser com grande necessidade, envie um anexo no e-mail marketing. Além de diminuir a abertura pode ser pesado e nem chegar para o cliente. Como alternativa use links para o download do arquivo.

Analise os resultados de cada ação de e-mail marketing. Veja as aberturas, cliques, etc. Mas não se esqueça do opt-out. Muitas das vezes no opt-out temos informações preciosas como motivo do descadastramento ou insatisfação do e-mail recebido.

– Se sua base é muito grande e uma pequena parte abre o e-mail deixe essa parte que nunca abre o e-mail descansar. Espere algum tempo para enviar novamente para essa parte do mailing e quando fizer, tente abordar de uma nova forma, mude o título por exemplo.

– Se sua taxa de abertura é muito pequena ou se seu e-mail marketing é  jogado diretamente para caixa de spam você pode cair na lista negra dos servidores e ter problemas mais sérios nos próximos envios.

– Se ao clicar em “sair desta lista” seu usuário sai diretamente, sem ser perguntado o porque está saindo mude essa abordagem. Pergunte a ele qual o motivo e melhor ainda ofereça também a possibilidade de diminuir a frequência de e-mails no lugar de sair da lista.

– Uma alternativa para que não haja descadastramento de e-mail errado – quando a mensagem é encaminhada para um amigo, etc – é que seja enviado um aviso de descadastramento ou até uma solicitação de confirmação de descadastro. A ideia não é prender o usuário, mas certificar que está sendo feito o descadastro correto.

– veja a frequência de opt-out em cada ação. Se em uma teve maior índice de descadastro veja o que está diferente e identifique seus erros para evitá-los.

– Só para confirmar, não faça envios sem a opção de “ver versão web do e-mail” e “clique para sair da lista”.

– Existe um “padrão” de que seu e-mail marketing deve ser enviado na terça-feira, porém se todos enviarem na terça-feira seu e-mail terá muito mais concorrência para ser aberto do que nos outros dias. Faça teste e veja qual melhor dia e horário para seus envios. Veja as aberturas, cliques e principalmente as conversões da sua ação de e-mail marketing.

Agora você já tem mais informações para montar sua campanha e atingir de forma correta seu público com e-mail marketing.

One thought on “Dicas de como fazer e-mail marketing mais efetivo

  1. Bom post. Mas acho que faltou algo essencial para garantir um bom funcionamento do envio de newsletter: a ferramente utilizada. Atualmente estou usando a Nitronews – http://www.nitronews.com.br – que possui uma conta grátis e planos acessíveis, é fácil de utilizar, tem interação com o facebook e o twitter, além de ter relatórios de desempenho. Recomendo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *