Dicas de um empreendedor que aprendeu errando.

Empresários

Apesar de pouco tempo como empreendedor, acho que já consegui algumas boas experiências que me permitiram crescer e amadurecer nessa nova etapa. Aprendemos muito mais nos erros do que nos acertos e sendo assim, vamos enxergar o lado bom dos problemas e tirar soluções deles.

Tenho amigos que também abriram empresas e queria não só compartilhar com eles esse texto, mas também contar com a colaboração deles nesse conteúdo.

Coloquei em tópicos para facilitar a leitura e deixo aberto os comentários para criticar ou sugerir novos itens.

Ouça todos os conselhos e dicas de especialistas, mas não siga todas elas. Muitas são lindas, mas na prática não são viáveis. Saiba ouvir e transformar o conteúdo em conhecimento. Amadureça o que ouviu e adapte constantemente na sua empresa.

– Lembre-se que você não vai ficar rico da noite para o dia. Não acredite em nenhuma das reportagens de revistas como “Você S/A” que dizem “Fulano ficou milionário da noite par o dia com a ideia X”. Pra chegar na ideia X, sem sombra de dúvidas, ele pensou muito e amadureceu muito a ideia X, ou teve uma dúzia de ideias Y.

Faça planejamentos por menor que seja seu orçamento e isso vale também para vida pessoal. A maioria das pessoas e empresa que vejo sem planejamento se perdem e começam a ter dívidas.

Escolha muito bem seus sócios. Sociedade, como dizem, é um casamento, a diferença é que vocês não vão fazer sexo, no máximo vão se fuder juntos.

– Respeite seus sócios. Eles têm ideias que parecem idiotas, mas ouça essas ideias. Isso será a diferença entre eles ouvirem ou não a sua.

– Saiba até onde você pode ir e principalmente, quando desistir. Apaixone-se pela empresa/projeto, mas não comece a amar, pois pode ficar cego.

– Conte cada centavo, principalmente se seu dinheiro é curto. Saiba quanto você tem e quanto você vai gastar.

– Não confunda suas despesas com as da empresa. Mesmo que você seja o dono, sua empresa é uma pessoa (jurídica, mas é) e você é outra. Se seu dinheiro acabou e o da empresa não, problema é seu.

Agora, como o post é compartilhado e social, coloco o que meus sócios sugeriram:

@mnfjorge
Tenha certeza de que você está preparado para trabalhar dias e noites, seja feriado ou dia em que trabalhará no emprego que te sustenta, sem receber nada e sem previsão imediata disso.

Tenha FOCO. Saiba que você só poderá trabalhar em um único projeto durante meses, porque se não der atenção total àquilo, é falha na certa.

@herickcorrea
Nós temos que descobrir qual o bem mais valioso da nossa empresa, e transformar isso em prioridade e não os nossos projetos, porque os projetos vêm e vão, mas o bem valioso da empresa fica, e por isso, tudo tem q trabalhar em função disso… No nosso caso, nosso bem mais valioso era nossa equipe, juntos sabíamos fazer tudo! E tínhamos que ter pensado os projetos todos em volta disso, mas no nosso caso, abrimos uma empresa por causa de um projeto, e imaginávamos q iriamos conseguir trabalhar em outras coisas depois disso, mas erramos.

Empresários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *