Erro 404, o que é e como aproveitá-lo?

Como havia prometido no post do feriado, finalmente o post sobre erro 404. Para quem ainda não sabe erro 404 é um erro gerado quando tentam acessar alguma página ou área do seu site que não existe. Isso pode ocorrer quando você exclui pastas ou páginas do seu site, links com endereços errados ou mesmo quando o usuário tenta escrever uma página na URL e digita errado.

Buscando por definições, achei na Wikipédia o seguinte texto:

“O erro 404 ou “Not Found” é um código de resposta http que indica que o cliente pôde comunicar com o servidor mas ou o servidor não pôde encontrar o que foi pedido, ou foi configurado para não cumprir o pedido e não revelar a razão. Eles não devem ser confundidos com “Servidor não encontrado” ou “O Internet Explorer não pode exibir a página da Web Causas prováveis: Você não está conectado à Internet. O site está encontrando problemas. Talvez haja um erro de digitação no endereço.” e “OFirefox não conseguiu localizar www.hostdetestewikipedia.com.br” ou erros semelhantes nos quais uma conexão para o servidor de destino não pode ser feita.”
Erro 404 Wikipedia

Se quiser fazer um teste, troque o endereço do post ou escreva qualquer coisa após o endereço do blog. Ex:http://rgvweb.com.br/vaidarerro
Você será direcionado para uma página informando que o link está errado. Isso já diz ao usuário que o site existe, mas a página específica não.

Com a expansão do mercado de otimização de sites (SEO) essa página, que era esquecida começou a ganhar espaço no momento de planejamento do site e em muitos locais já encontramos muito mais do que uma página de erro. No post com link para curtir no feriado eu havia colocado um link para um site com um grande número de exemplos de páginas. Fiz uma seleção de páginas que, muito além de informar que o endereço procurado não existe, entretém e até mesmo passam informações para o usuário.

Um modelo comum para páginas de erro 404 é com mapa do site ou busca para permitir ao visitante localizar dentro da página o conteúdo desejado. Existem casos onde o visitante é direcionado para a home Page do site, porém não gosto muito dessa opção, pois deixa o visitante sem saber o motivo de não abrir a página que ele deseja.

Esse tipo de página é muito interessante, pois transforma um momento que seria de insatisfação em um contato positivo com o site. Imagine se você substituir seu site por uma nova versão e exclui áreas do site, impossibilitando de criar redirecionamento para o novo conteúdo, e dezenas de links seriam perdidos. Esses links quebrados geram o erro 404, porém com uma página amigável é possível orientar o usuário novo conteúdo e não perder o visitante.

Um caso que gerou comentários e brincadeiras foi o site G1, onde ao editar parte da URL era direcionado para uma reportagem diferente. As pessoas editavam o link gerando brincadeiras e muitos comentários sobre o erro do site.

Abaixo alguns exemplos de sites com erro 404 criativos e funcionais para o usuário:

Mestre SEO

Erro 404 Mestre SEO

Sadia

Erro 404 Sadia

SEOMoz.org

Erro 404 SEO Moz

Para buscar mais informações existe um site dedicado ao assunto: http://www.plinko.net/404/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *