Qual a credibilidade do palhaço?

Cerveja Devassa - Snady

Sabe aquela velha história de que se você mentir sempre, quando você falar a verdade ninguém vai acreditar? Pois então, isso é realidade, mas e quando falamos de show business?

Muitos programas de humor, principal exemplo é o Pânico na TV, usam essa questão do “mentir sempre para falar a verdade” e com bastante sucesso. A questão é quando essas mentiras começam a ser usadas na mídia de modo descontrolado.

Programa Pânico na TV

Durante a crise na Líbia vimos um caso onde a TV estatal publicou uma reportagem, que não foi confirmada, com o objetivo de manipular a opinião pública e influenciar a posição da população.

Algumas pessoas que conheço relataram que no Japão, mesmo com o grave problema da radiação, a mídia não veiculava notícias completas para não alarmar a população.

Na propaganda é comum termos pessoas que nunca usariam determinado produto dando seu “depoimento”. Alguns casos são bizarros como os anúncios de Corega, onde os famosos dizem não usar dentadura e recomendar. Outro exemplo recente que gerou polêmica foi o da Devassa com a Sandy.

Cerveja Devassa - Snady

O poder que a mídia tem, seja televisão, rádio, jornal ou até mesmo um blog com grande visibilidade, pode ser perigoso se isso determinar o conhecimento que a população tem sobre os fatos.

A internet proporciona uma comunicação descentralizada, onde a Globo, por exemplo, não tem como controlar o que e como está sendo falado.

Em um post falei algo parecido, no caso da invasão do Morro do Alemão, e agora com esses novos casos internacionais resolvi escrever novamente.

Até onde o poder de mídia pode ser passado para os blogs? Sempre existe um grupo social que domina outro por meio da informação, será que mesmo com a internet 2.0 (que eu prefiro chamar de comunicação 2.0) a retenção de informação irá acontecer?

Será que é preciso mentir para vender um produto ou uma marca?

Conheço vendedores que anunciam o mundo e na entrega não apresentam nem metade. E a recompra? E o pós-venda? E o boca-a-boca?

Esse post é mais para refletir sobre o assunto do que para explicar. Quando você lê um blog falando bem de uma empresa, será que foi comprado? Será que realmente a empresa é boa?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *