Qual a sua versão da história? Você tem opinião?

Mídia de massa

Dia 09 de Julho de 2011 ocorreu um acidente em São Paulo envolvendo dois carros em um cruzamento. Infelizmente um dos motoristas envolvidos morreu.

Li algumas reportagens sobre o assunto, assisti algumas vezes nos telejornais e fiquei com uma dúvida, quem estava errado no momento do acidente?

O acidente ocorreu às 03h30minh da manhã de um sábado. Um dos motoristas estava a 150km/h atravessando a rua. O outro em uma rua transversal cruzou o sinal vermelho.

Quem estava errado?

Você pode me responder facilmente os dois. Pois um ultrapassava o limite de velocidade, tornando quase impossível qualquer manobra defensiva. Enquanto o outro cruzava o sinal vermelho (não se sabe a qual velocidade) o que provocaria certamente um acidente caso outro carro partisse do princípio que deva ser respeitado o sinal.

Porém, devido à morte da motorista do carro que cruzou o sinal vermelho, o foco de todas as reportagens foi de que o “Porsche, o carro mais veloz do mundo estava a 150km/h” como ouvimos na reportagem do terra (veja aqui).

Não estou defendendo nem acusando. Estou apenas questionando um hábito que temos de achar que quem morreu não tinha culpa. Meu outro questionamento é se não fosse um Porsche e não estivesse a 150km/h, mas o acidente fosse o mesmo, de quem seria a responsabilidade?

Ou ainda, se a motorista não tivesse morrido, ela se tornaria a responsável pelo acidente?

Esse post é um comentário sobre nossa visão social com relação à culpa e responsabilidades. Nem sempre somos racionais e tão pouco paramos para refletir sobre o que está sendo empurrado pela mídia. Aceitamos 95% do material enviado para nossa mente sem nem indagar sobre a veracidade, motivação e resultado em nossas vidas.

Para fechar o post coloco duas coisas. A primeira é uma frase que falávamos no quartel sobre guerras e a revolução democrática “A história é contada por quem ganha a guerra”. A segunda é um vídeo clássico da Folha.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *