Você vai compartilhar esse post depois que terminar de ler

frase-penso-logo-existo-rene-descartes

Já abordei isso aqui falando sobre as pessoas lerem apenas os títulos e parece que o tema continua muito atual.

As pessoas compartilham aquilo que serve para reafirmar sua convicção e não para gerar discursões enriquecedoras.

Um “petista” compartilha textos criticando o governo FHC, mesmo que distorça os pontos positivos para serem enxergados como algo ruim. Tiveram pontos negativos nesse governo, não precisa manipular o lado bom.

Assim como um “extrema direita” compartilha coisas do Bolsonaro por mais estúpidas que elas pareçam ser, ao menos em boa parte das vezes, apenas pelo fato de reforçarem a ideologia. Existem posições de direita coerentes, não precisa ser extremo ao ponto da idiotice.

Estamos deixando de pensar e criticar para apenas reforçar nossos dogmas, sejam eles relacionados a política ou não.

Não imagino alguém compartilhando algo contrário às suas ideologias, mas gostaria apenas que lessem antes de compartilhar.

Sou contra boa parte das ideias do Freixo, por exemplo, mas li recentemente uma matéria que distorce as propostas apresentadas para seu governo. Deixa as propostas como sendo algo negativo, quando na verdade a aplicação das políticas citadas no texto seria positiva para a cidade. Porém, teve audiência não por fazer sentido, mas por reforçar a ideologia de quem é contra o Freixo, simplesmente por ser o Freixo.

Voltando ao título desse post, compartilhar esse post é reforçar que você pensa antes de compartilhar, analisa o conteúdo e critica se é válida a publicação no seu perfil em uma rede social, afinal, os seus compartilhamentos representam a pessoa que você é.

Leio, penso e escolho se compartilho.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *